12 assassinatos, 1 suicídio e 1 e-mail

Isso é um pouco do que passa pela minha cabeça, na verdade eu acredito que vocês não vão conseguir querer me entender, lá no inferno a gente se fala”. Essa fala na verdade é um áudio gravado por Sidney Rames de Araújo, responsável por um massacre que deixou 12 pessoas mortas em Campinas em plena virada do ano.

Uma pessoa não identificada, mas que diz ser um amigo de Sidney disse que um dia depois do crime recebeu uma mensagem do assassino, um documento enviado por e-mail continha um arquivo de áudio e de texto em que Sidney relata como planejou e porque decidiu matar a ex mulher e toda a família.

Segundo relatos ele enviou por e-mail programado para todo mundo que ele conhecia, e mandou para os WhatsApp dos amigos dizendo que queria que todos espalhassem a notícia, pra que todos soubessem da verdade dos fatos, o que indica que Sidney havia planejado todo o crime.

Em um diário que Sidney começou a escrever em dezembro de 2012, descreve que não conseguiu pedir ajuda de ninguém para provar a inocência dele, e resolveu comprar uma arma para resolver o problema.

O amigo entrevistado diz que a inimiga era a mulher dele, e sempre comentava com os amigos que ela fazia de tudo para acabar com a vida dele e que iria tirar o filho do convívio do pai, e isso, segundo o amigo, acabava com a alegria de Sidney.

Segundo vizinhos, João Víctor morava em um condomínio junto com o pai, o garoto teria se mudado para a casa da mãe quando teria surgido a suspeita de abuso sexual cometido pelo pai a 3 anos atrás, inclusive por causa da queixa, a ex esposa conseguiu a guarda do filho na justiça.

Sidney só podia ver o filho sob o monitoramento de outra pessoa e isso teria sido o estopim para que ele planejasse e cumprisse o massacre. No trecho de uma carta escrita a João Víctor, Sidney relata o ódio que sentia pela ex mulher, ele destaca que a desavença entre os dois começou quando ele se negou a emprestar a quantia de R$5 mil reais a Izamara.

O assassino finaliza a carta deixando todos os bens para o irmão e pede também que uma quantia em dinheiro seja depositada na conta da namorada Kátia. Apesar de ter planejado o massacre por tantos anos, todos os que o conhecia, o define como um homem tranquilo, alegre e colecionador de amizades.

Pra polícia a criança havia relato que o pai e um amigo havia abusado dele, mas na polícia não existe nenhum laudo que comprovasse essa ação, mas sim um laudo de um psicólogo dizendo que Sidney tem um comportamento estranho, embora um laudo de abuso pra um laudo de comportamento estranho tem uma diferença muito grande entre um e outro.

O que deixa claro que para a polícia o plano foi todo premeditado e pensado de que ele chegaria a residência, que o portão estaria fechado, ele pularia pela a lixeira, pularia o muro e mataria todos e por ultimo o filho, exatamente quando ele pergunta ao pai porque ele matou a mãe, e ele responde porque ela merecia, em seguida dispara contra o filho.

Ele deixa um aparelho celular com um papel ao lado contendo a senha para acessar o aparelho dentro do carro e suicida, em uma das gravações contidas no celular ele pede para ser enterrado de cabeça para baixo, que o caixão não fosse enterrado na horizontal e sim na vertical. Também pede para que ninguém faça oração por ele, mas sim pelo filho.

Nossa Agência

Trabalhamos com os mais diversos casos, independente da complexidade e adversidade, estaremos sempre dispostos a solucionar um por um de forma profissional e sigilosa. Os casos mais solicitados são:

O rastreamento veicular;

Casos conjugais e casos familiares;

O rastreamento ou localização de uma pessoa, que seja um amigo perdido, parente ou devedor;

Suspeitas de funcionários ou sócios;

Suspeitas de Filho/filha que esteja envolvido com drogas ou coisas ilícitas;

Suspeitas de empregadas domésticas ou babás que convive com sua família em sua presença ou ausência.

Oferecemos serviços de assessoria jurídica aos nossos clientes através de nosso Departamento Jurídico. Além de oferecermos serviços direcionados ao atendimento da ” Classe Advocatícia”.

Nós da Brasil Investigação acreditamos no poder da investigação, não importa a complexidade do caso, nossos investigadores são altamente eficazes e profissionais para solucioná-los.

×