Atentado violento ao pudor cometido por babá

Brasil Investigações - Detetive Particular > Blog do Detetive Particular > Uncategorized > Atentado violento ao pudor cometido por babá

A causa de traumas e tratamentos psicológicos que na maioria das vezes são irreversíveis para crianças e adolescentes são graças a maus tratos que elas sofrem em sua infância de suas babás, deixando sequelas que acompanharam não só as crianças, mas seus familiares por toda a vida.

É inaceitável pensar que contratamos alguém para cuidar de nossos filhos, que depositamos toda a nossa confiança nelas e que simplesmente agem de forma covarde e cometem uma insanidade com crianças indefesas.

Em Sobradinho no Distrito Federal, uma babá foi condenada a à pena de 10 anos e 6 meses de reclusão, por ter cometido atentado violento ao pudor. Ela foi acusada de abusar sexualmente de uma criança de apenas 5 anos de idade.

Segundo a polícia, a mulher tomava conta da criança em sua residência enquanto a mãe da menina trabalhava. Em um laudo realizado por psicólogo comprovam a violência sexual narrado em depoimento.

Relatos afirmam que a babá praticava e permitia com que a criança praticasse com ela os atos libidinosos, e que após retirar as roupas da criança. Enquanto acariciava suas partes íntimas, introduzia um de seus dedos em movimentos masturbartórios, sendo que o mesmo era imposto por obrigação para que a criança fizesse com a babá.

A defesa recorreu, alegando insuficiência de provas, mas o recurso foi apenas parcialmente provido para reduzir o tempo de prisão. 

Em pesquisa, no Brasil são registrados mais de 150 mil casos de violência por ano contra crianças e adolescentes. Uma porcentagem desta violência é cometida por babás negligentes, despreparadas ou realmente desequilibradas psicologicamente.

Em uma tentativa de prevenir pedófilos de se aproveitarem da função para se aproximar e abusar sexualmente e psicologicamente de crianças, um projeto propõe que todos que se disponibilizam para cuidar de alguém, sejam obrigados a apresentar fichas de antecedentes criminais.

Porém, há muita polêmica entre sindicatos e outras instituições relacionadas aos trabalhadores domésticos, que mesmo que aprovem com uma certidão negativa de antecedentes não garantem segurança.

Dicas para evitar agressões por babás

*Oriente a babá sobre as regras da casa e procedimentos. Por exemplo “não bater nas crianças”, “não assistir programas ou filmes impróprios”, “banho antes das refeições”, etc. Assim a convivência com a babá seguirá no mesmo ritmo usado pelos pais.

*Se houver suspeita de agressão, questione abertamente seus filhos e veja a reação deles. Se for viável, converse os vizinhos e pergunte se já viram algo anormal, se já ouviram choros ou gritos ou viram pessoas estranhas entrarem em sua residência durante o serviço da babá.

*Consulte nossos serviços e equipamentos de monitoramentos e vigilância. Um detetive particular profissional poderá lhe orientar em vários aspectos. Trabalhamos com o uso de câmeras ocultas, escutas ambientes que poderá flagrar gritos de agressões, comportamentos indevidos ou negligências por parte da babá de seus filhos.

×