Para manter as vítimas de abuso sexual em silêncio, é comprovado que os abusadores fazem ameaças de violência física a família ou a própria vítima. Agem fazendo chantagens emocionais de expor a vítima com fotos ou segredos compartilhados.

Sabe aquele famoso agradinho com presentes ou dinheiro, eles servem para calar ou ganhar a confiança da vítima. Nem sempre os pais auxiliam seus filhos a não receber objetos de pessoas estranhas, mas e quando esses presentes são oferecidos por pessoas conhecidas?

Ter conversas diárias com as crianças sobre o assunto, sobre coisas que acontecem no mundo e sobre abuso sexual, pode sim fazer com que essa criança não caia na lábia do abusador e passam a ter muita confiança em seus pais e a não guardar segredos.

A falta de conhecimento de muitas pessoas sobre o assunto pode servir de ajuda para uma pessoa que tem o costume de realizar o ato, ou seja, a pessoa ser inocente e leiga pode ser induzida a praticar o ato, sem se quer saber que se trata de um crime.

Quando essas pessoas se dão conta de que são abusadas já é tarde demais, ou seja, já se passaram anos e o ato acaba se tornando comum entre os dois, a ponto de a pessoa ser fria e não acreditar que existe uma relação com amor e compreensão.

A melhor forma de evitar pelo ou menos um pouco que esse assédio aconteça no seu lar, é manter as crianças informadas e deixar bem claro de que além do laço familiar, os pais e filhos devem ser amigos, e não guardar segredos em casa.

Evitar com que as crianças saiam de casa sozinha é um grande passo também para evitar com que aconteça um sequestro com abuso sexual. Parece uma prisão assustadora não é?

Mas como diziam antigamente, que uma boa pessoa não tem estrela na testa, então temos que vigiar e manter nossa família em segurança e longe dessas pessoas que podem lhe causar mal.

Se houver alguém próximo a você e que possa ser suspeito, contrate um detetive particular.

Clique nas tags para ver outras páginas do site:

#Chantagens e Ameaças
×